Da hemodiafiltração à HighVolumeHDF®

Uma ilustração explicando a remoção eficaz de uma ampla gama de substâncias com a pós-diluição de HDF.

A hemodiafiltração é uma técnica de substituição renal que combina dois princípios - difusão e convecção. O processo convectivo é baseado na ultrafiltração de grandes quantidades de água plasmática através da membrana. Isso permite a remoção eficaz de grandes solutos devido à convecção em adição ao transporte difusivo de moléculas menores.

Para manter o balanço de fluido é necessário substituir o volume de ultrafiltração adicional, idealmente após o dialisador, conhecido como hemodiafiltração pós-diluição.

O volume é importante na hemodiafiltração

Publicações recentes mostraram que, para maximizar os benefícios da terapia de HDF, grandes volumes convectivos na pós-diluição são necessários. 1,2,3,4. A produção de grandes quantidades de volume de substituição não são mais um desafio. Hoje maximizar o volume de substituição para cada paciente requer uma nova abordagem terapêutica – HighVolumeHDF®.

1 Maduell F. et al., J Am Soc Nephrol (2013); 24: 487-497.
2 Ok E. et al., Nephrol Dial Transplant (2013); 28: 192-202.
3 Grooteman M.P. et al., J Am Soc Nephrol (2012); 23: 1087-96.
4 Canaud B. et al., Kidney Int (2006); 69: 2087-93.